Discurso de Leonardo Boff e Chico Buarque no Encontro dos artistas e intelectuais

não sei

Não sei ao certo o que te falar, nem mesmo o que sentir, mas acontece que desde que te conheci um certo fascínio pairou-se sobe mim e desde então, não consigo mais parar de pensar em quem sou.

Gostaria que você entendesse que não sou nenhuma louca destemperada , não, e nem mesmo entendo o que se passa dentro de mim, mas a verdade é que desde aquele dia nunca mais consegui ser a mesma.

Sei que deveria te falar de outra maneira, sei que deveria tentar conhecer-te melhor, mas a verdade, e me desculpa se pareço te julgar, e nem é essa a questão, mas é que você é tão inacessível, que pensar em esperar por um novo momento para te falar é parecido como esperar pelo Cometa Halley, e como daqui a 100 anos eu não estarei viva, acredito eu  e se isso acontecer, eu já estarei feliz e gagá, pretendo não esperar mais para te dizer: sua presença me fascina e sua pessoa me faz pensar no que faz sentido nessa vida e o que farei de mim agora que sei que você existe.